Monday, 31 August 2009

A IMPORTÂNCIA DA AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA INICIAL

Saber o que os alunos já conhecem é de fato essencial para o ponto de partida do planejamento docente.Essa prática tem sido bastante disseminada nas séries inicial do ensino fundamental.
E,além disso,muitos autores endossam esta prática,oferecendo referencias teóricas que a sustentem.
No entanto,esta prática acaba se restringindo á Língua Portuguesa, sobretudo nas classes de alfabetização.O professor se restringe á prática de sondagens,como o objetivo de diagnosticar as hipóteses de escrita, e acabam não realizando este procedimento em outras áreas do conhecimento.
Esta questão tem dois fatores essenciais a serem analisados.O primeiro é a insegurança que o professor tem de que seus alunos não atinjam as habilidades de leitura e escrita, ou seja, se alfabetizam. O outro fator é a falta de subsídios que o professor tem,em sua formação, no curso de Pedagogia.
Se por um lado, temos as pesquisas de Emília Ferreiro e Ana Teberosky, que revolucionaram a alfabetização com a psicogênese da Língua Escrita, por outro ainda se está construindo uma forma de compreender com o aluno aprende matemática e desenvolve seu raciocínio.
O autor que nos propõe um novo olhar sobre o ensino de matemática é Vernaud, defendo a idéia de que, não só é preciso se diagnosticar o que o educando já sabe, como acolher as diferentes estratégias por ele adotado.
Por fim, ao pensarmos em Projetos de Trabalho, é importante que o professor faça um levantamento prévio daquilo que seus alunos sabem sobre o tema, para que tenha parâmetros de como estruturar sua ação pedagógica e definir as etapas do Projeto.
Mais importante do que se preocupar com o conteúdo a ser dado, é o fato de que o professor faça a avaliação diagnóstica inicial e, assim, estabeleça os objetivos conceituais, procedimentais e atitudinais a serem alcançados.
Se o professor de primeira série pensar que precisa comoeçar por apresentar os numerais de 0 a 9, certamente se surpreenderá ao descobrir que alguns alunos já conhecem numerais até 100, 500, etc.
E é muito desestimulante que este aluno que sabe, fique exaustivamente fazendo aquilo que já conhece e domina.
Portanto, caros colegas, procurem conhecer o que seus alunos já sabem e, sem dúvida, este simples procedimento qualificará muito seu trabalho.

No comments:

Post a Comment