Sunday, 17 March 2013

O diagnóstico da turma

Boa noite, pessoal!

Sei que ando meio sumida, mas uma boa filha à casa torna. Rsrsrsrs. Bom, neste ano estou com uma turma de 1º ano. Eles são muito fofos! A maioria veio de escolas particulares, com ensino tradicional e, pasmem, não vi diferença em relação aos anos anteriores, em que recebi alunos de escolas municipais de educação infantil.
Há sim, uma grande diferença: nas EMEI's, até pela quantidade de alunos, as educadoras trabalham mais com a questão da autonomia. Assim, quando as crianças chegam ao primeiro ano, são mais independentes e menos inseguros.
Já os meus alunos... ah, ainda são inseguros, mas aos poucos vão adquirindo autonomia. Neste sentido, é que acho que o trabalho do professor enquanto educador é essencial: o aluno precisa saber a hora de falar, dar opiniões pertinentes, participar e ser respeitado pelos amigos.
Isso só se alcança com muito diálogo e com os essenciais "combinados".
Bem, passado este momento inicial de conhecimento, surgiu a questão da alfabetização. Alguns professores podem estar pensando: "como começar?".
Vão aí algumas dicas que considero importantes. A primeira delas é, em dúvida, a sondagem de escrita.
Chamei um aluno por vez na minha mesa (sei que não é fácil, pois o restante da turma quer nossa atenção a toda hora, mas é preciso!), e informei que iria pedir que eles escrevessem uma lista de nomes de animais e, para deixá-los mais à vontade, disse que eles poderiam colocar as letras que achassem que estavam corretas e que eu não iria corrigir, apenas pedir que lessem com o dedinho, para fazer a marcação da leitura. Foram ditadas as seguintes palavras:

DINOSSAURO
CAMELO
GATO


EU TENHO UM GATO.

A partir da sondagem, elaborei o mapa, em formato excel, com os nomes dos alunos e as hipóteses. Com o objetivo de preservar a identidade deles, vou publicar apenas a tabela final com as quantidades por hipótese. Vejam abaixo:


Considerando que os alunos têm idade de 5 e 6 anos, acho que se trata de uma turminha boa, que vai dar pra fazer um trabalho bem interessante.
Já percebi alguns avanços, mas somente publicarei os novos resultados após a 2ª sondagem.
Neste período, irei postando exemplos de atividades e de adaptações para os alunos de acordo com as hipóteses.
Se os educadores que me acompanham tiverem dúvidas sobre sondagem, intervenções, atividades adequadas, como montar agrupamentos produtivos, podem mandar perguntas ou comentários.
Meu objetivo é auxiliar as colegas que se enveredarem pela alfabetização sob a concepção construtivista.
Escolas que também quiserem entrar em contato também são muito bem-vindas.

Um abraço a todos

Professora Neyde Rostyn


No comments:

Post a Comment